Homens e Mulheres Terão Premiações Iguais na WSL
05/09/2018 21h00 - Redação Publicando News

A World Surf League divulgou uma grande novidade nessa semana, a de que a partir de 2019 todos os eventos organizados diretamente pela WSL terão premiações iguais para os atletas das categorias masculina e feminina. Será a primeira e única liga esportiva global com sede nos Estados Unidos, a promover a igualdade da premiação em dinheiro para homens e mulheres. A WSL está orgulhosa do seu compromisso com a igualdade de gêneros e por se unir a outras organizações além do mundo do esporte, com este importante marco histórico.

"Este é um passo à frente enorme em nossa estratégia há muito tempo planejada, de elevar o nível do surfe feminino, então estamos entusiasmados em assumir esse compromisso já a partir da temporada 2019", disse a CEO da WSL, Sophie Goldschmidt. "Esta é a mais recente de uma série de ações que a Liga se comprometeu trabalhar para nossas atletas do sexo feminino, desde competir na mesma qualidade de ondas que os homens, até melhores locações e mais apoio e investimento no surfe feminino".

"Esta mudança era simplesmente a coisa certa a fazer pela WSL e gostaríamos de agradecer aos muitos defensores que trabalharam durante décadas para ajudar a promover o surfe feminino", continua Sophie Goldschmidt. "Queremos estar na vanguarda de pressionar pela igualdade em todas as esferas da vida, começando pelas ondas. Nos sentimos muito sortudos de termos mulheres em nosso circuito que são modelos talentosos e icônicos, então mais do que merecem esse reconhecimento de igualdade aos nossos extraordinários atletas masculinos".

A hexacampeã mundial Stephanie Gilmore, festejou a novidade: "Isso é incrível e estou muito feliz. O prêmio em dinheiro é fantástico, mas a mensagem significa muito mais. A partir do momento em que a atual diretoria da WSL assumiu, a situação das surfistas mulheres se transformou para melhor em todos os sentidos. Espero que isso sirva de modelo para outros esportes, organizações globais e para a sociedade como um todo. Todas nós atletas estamos honradas com a confiança em nós e inspiradas para recompensar essa decisão com níveis cada mais altos de surfe".

O onze vezes campeão mundial Kelly Salter também comentou sobre a decisão inédita da WSL: "As mulheres que correm o circuito merecem essa mudança. Tenho muito orgulho de que o surfe esteja optando por liderar a igualdade e justiça no esporte. As atletas do surfe feminino da WSL estão igualmente comprometidas com seu ofício como os do masculino, então devem receber o mesmo pagamento nas premiações. O surfe sempre foi um esporte pioneiro e esse é mais um exemplo disso".

O comissário da WSL, Kieren Perrow, destacou: "Hoje é um momento histórico para o nosso esporte, surfe. Além do nosso calendário de 2019 com novas datas, estamos orgulhosos de confirmar que a igualdade de prêmios já estará em vigor na próxima temporada. Isso abrange todos os eventos controlados pela WSL, o Championship Tour, Longboard Tour, World Junior Championships e o Big Wave Tour de 1.o de outubro a março de 2019. Estaremos trabalhando com nossos parceiros organizadores de campeonatos que nós não controlamos a premiação, como os eventos do Qualifying Series, para alcançar a igualdade total o quanto antes".

A World Surf League vai se firmando como uma das ligas esportivas de crescimento mais rápido no mundo, expandindo continuamente seu alcance e base de fãs. O conteúdo da WSL e as transmissões ao vivo agora estão disponíveis digitalmente em várias plataformas e com mais de 100 emissoras cobrindo seus eventos, inclusive o evento inovador desta semana na onda criada pelo homem no Surf Ranch. O surfe também foi adicionado oficialmente à lista dos Jogos Olímpicos de Toquio 2020, introduzindo o esporte para novos públicos.

Para apoiar ainda mais seu compromisso com o surfe feminino, hoje a WSL também anuncia três iniciativas que serão lançadas em 2019:

- uma campanha de marketing global para destacar o circuito feminino, além de aumentar a visualização dos eventos e o envolvimento dos fãs

- Um programa local de envolvimento da comunidade para meninas em todo o mundo, com clínicas instrucionais com atletas da WSL em cada etapa feminina do Championship Tour para inspirar novas gerações a abraçar o surfe

- Uma série de conteúdos mensais sobre as mulheres pioneiras do surfe, celebrando-as nos canais da WSL, começando na próxima semana com a heptacampeã mundial Layne Beachley

Curta Nossa Página:

http://www.facebook.com/PublicandoNews 


Comentários(0)
O material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.
"Entrega teu caminho ao Senhor, confia nele e tudo o mais ele fará" (Salmos 37.5)