"Estrela Maior, Paixão que Inebria. Eu Conto o Tempo Pra te Ver Passar"
23/09/2018 08h00 - Redação Publicando News

A Mocidade Independente de Padre Miguel definiu o seu samba-enredo para o Carnaval 2019 nesta madrugada no ''Maracanã do Samba''. A verde e branca da Zona Oeste levou quatro composições para a grande decisão do concurso que durou cerca de dois meses e envolveu mais de 200 compositores.

A obra de Jefinho Rodrigues, Diego Nicolau, Marquinho Índio, Jonas Marques, Richard Valença, Roni Pit Stop, Orlando Ambrosio, Cabeça do Ajax sagrou-se campeã.

- É como se fosse a primeira vez. Já ganhei várias vezes, mas é sempre uma emoção indescritível. Disputamos uma final de altíssimos nível, mas tenho certeza que o nosso samba tocou no coração do independente. A nossa parceria é feita por torcedores da escola, e isso foi primordial. O nosso samba é pautado na história de cada componente da Mocidade. Os nossos mestres, os nossos ídolos. A Mocidade será a última desfilar e emocionará com esse samba - ressaltou Jefinho Rodrigues, que agora chega a nove composições na história da agremiação e se iguala ao grande Dico da Viola. Ambos só ficam atrás de Tôco.

Além da escolha houve também um grande show com os segmentos da Mocidade ao som dos sambas antológicos da agremiação.

- O nível dessa disputa foi tão alto que resolvemos trazer quatro sambas para a final, a princípio seriam três. Tenho certeza que fizemos uma grande festa com a participação da comunidade, como aliás foi toda a disputa. Nós liberamos todos os segmentos para
demonstrarem as suas preferências. Não podamos nenhuma manifestação. E isso nos dá um caminho daquilo que a escola quer. A final é o grande ápice disso. Há muito equilíbrio - apontou Rodrigo Pacheco, vice-presidente da agremiação.

Em 2019, a escola busca o seu sétimo título com o enredo ''Eu sou o Tempo. Tempo é vida''. O desfile terá o desenvolvimento do carnavalesco Alexandre Louzada. A quadra da Mocidade fica na Avenida Brasil, 31.146, em Padre Miguel.

Confira o anúncio do samba campeão

Confira a letra do samba campeão

Compositores: Jefinho Rodrigues, Diego Nicolau, Marquinho Índio, Jonas Marques, Richard Valença, Roni Pit'sTop, Orlando Ambrosio e Cabeça do Ajax

OLHA LÁ MENINO TEMPO
TENHO TANTO PRA CONTAR
ERA EU, GURI PEQUENO
PÉS DESCALÇOS, MEU LUGAR
QUANDO UM TOCO DE VERSO ÔÔÔ
SEMEOU A POESIA ÊLÁIÁ

EU COLHI À FLOR DA IDADE
FIZ DE MINHA MOCIDADE
O RAIAR DE UM NOVO DIA

BAILA NO TEMPO, DEIXA O TEMPO PARAR
NAS VIRADAS DESSA VIDA, VOU SEGUIR MEU CAMINHAR
AH QUEM ME DERA VER O TEMPO VOLTAR
E REENCONTRAR O MESTRE NA AVENIDA

DESMEDIDO CORAÇÃO
NO CONTRATEMPO DESSA ILUSÃO
ORA MACHUCA, ORA "CURA DOR"
DO MEU DESTINO COMPOSITOR
TEMPO QUE FAZ A VIDA VIRAR SAUDADE
GUARDA MINHA IDENTIDADE
INDEPENDENTE RELICÁRIO DA MEMÓRIA
PADRE MIGUEL O TEU GURI JÁ NÃO CAMINHA TÃO DEPRESSA
MAS NUNCA É TARDE PRA SONHAR
VAMOS LÁ A HORA É ESSA

SENHOR DA RAZÃO, A LUZ QUE ME GUIA
NOS TRILHOS DA VIDA ESCOLHI TE AMAR
ESTRELA MAIOR, PAIXÃO QUE INEBRIA
EU CONTO O TEMPO PRA TE VER PASSAR

Curta Nossa Página:

http://www.facebook.com/PublicandoNews


Comentários(0)
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
O material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuição sem prévia autorização.
"Entrega teu caminho ao Senhor, confia nele e tudo o mais ele fará" (Salmos 37.5)